Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Mobilidade 14/03/2019 | 20h06

Município quer pelo menos duas empresas operando o transporte coletivo em Caxias


Município quer pelo menos duas empresas operando o transporte coletivo em Caxias
Foto: Douglas de Souza Melo

Se depender da vontade do prefeito Daniel Guerra (PRB), o monopólio da Visate na operação do transporte coletivo urbano se encerra até o fim da gestão, em 2020. Na coletiva desta quinta-feira (14), o governo anunciou o compromisso de incluir, no próximo edital, no mínimo, duas empresas aptas a realizarem o serviço nos próximos anos. O Município deve lançar o documento até o fim do ano. Conforme o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Cristiano de Abreu Soares, trata-se de uma promessa de campanha do prefeito. Ele destaca que as duas empresas serão devidamente fiscalizadas, como é feito atualmente com a Visate, que desde 2017 já recebeu mais de 400 multas da Prefeitura.

Ainda não está definida a distribuição das operações do transporte coletivo na cidade. O secretário também não confirmou se a adição de mais uma concessionária no sistema permitirá a redução da tarifa, que desde 2016 aumentou R$ 0,85 e está hoje em R$ 4,25.

Soares também anunciou a licitação para a execução de 1,5 mil rampas de acessibilidade nas calçadas da cidade. O investimento é de quase R$ 1,6 milhão, resultado de demandas oriundas da Coordenadoria de Acessibilidade.

A respeito da reformulação do trevo da Codeca, na Rota do Sol, o secretário estima a conclusão para o primeiro semestre deste ano. Ressaltou que até 2016, as autorizações para o início da obra estavam incompletas e paradas.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.