Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Luto 15/06/2017 | 08h54

Morre aos 90 anos o empresário Paulo Bellini


Morre aos 90 anos o empresário Paulo Bellini
Julio Soares/Divulgação
Morreu na manhã desta quinta-feira (15) o empresário caxiense Paulo Bellini, um dos símbolos do desenvolvimento econômico de Caxias do Sul. Um dos fundados e presidente emérito da Marcopolo, ele estava internado no Hospital Unimed há alguns dias, com uma infecção.

Paulo Bellini nasceu em Caxias do Sul no dia 20 de janeiro de 1927. O empresário ficou conhecido por tornar internacional a marca de carrocerias de ônibus Marcopolo. Bellini viveu em uma família de oito irmãos e teve uma infância tranquila. O pai começou como empregado e virou diretor da Metalúrgica Abramo Eberle S/A, a Maesa. Maior de idade, foi para Porto Alegre estudar, mas voltou para Caxias, onde se formou em técnico em contabilidade. Em 1949, como sócio-gerente, fundou uma fábrica de carrocerias junto com os irmãos Nicola - a Nicola & Cia, que virou Marcopolo em 1968.

A carreira de Paulo Bellini na empresa cresceu em 1954, quando passou a diretor-gerente. Em 1971, foi eleito diretor-presidente. Já em 1977 passou a acumular este cargo com o de presidente do Conselho de Administração. De 1992 em diante, recebeu vários prêmios, como a Medalha do Conhecimento do Governo Federal, em 2004. Em 2009, foi vencedor do prêmio Top Ser Humano.

Em Caxias, presidiu diversas entidades como o Simecs, o Centro da Indústria Fabril, a Associação Comercial e Industrial e o Conselho Superior da CIC. Em 2012 lançou o livro "Marcopolo: Sua viagem começa aqui", onde conta contando suas memórias. Em 21 de agosto de 2013 perdeu a esposa, Maria Célia Bellini. Em depoimento ao jornalista Paulo Cancian, no programa Caxias Memória do dia 19 de julho de 2014, Paulo Bellini lembrou de momentos da infância e da dificuldade que teve até mesmo para estudar.

Paulo Bellini também falou com orgulho e saudade das lembranças dos pais. Segundo ele, a mãe ajudava na renda familiar como costureira. Já o pai, que começou a trabalhar com 14 anos em uma oficina, conseguiu emprego na empresa de maior referência daquela época, em Caxias do Sul. No programa, Bellini também falou da família, de como conheceu a esposa Maria Célia e do gosto em reunir os amigos. 

O empresário deixa três filhos e duas netas. O velório do empresário vai ser no Memorial São José, a partir das 15h desta quinta-feira (15). Já a cerimônia de cremação será nesta sexta (16), às 15h, no Memorial Crematório São José.
 

Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.