Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Avaliação 12/02/2019 | 18h41

Ex-vice-prefeito afirma que interesses políticos podem ter influenciado na rejeição do acolhimento de impeachment


Ex-vice-prefeito afirma que interesses políticos podem ter influenciado na rejeição do acolhimento de impeachment
Foto: Alex Schneider/Rádio Caxias

O autor do pedido de impeachment do chefe do Executivo, o ex-vice-prefeito de Caxias do Sul, Ricardo Fabris de Abreu (AVANTE), alega que interesses eleitorais, por parte de alguns parlamentares, refletiram no resultado da votação. O documento foi lido na sessão desta terça-feira (12). Na oportunidade, a Casa não acolheu o pedido.

Conforme Fabris, o resultado não foi surpreendente. De acordo com ele, os parlamentares não têm intenção de alterar a atual situação do município. O ex-vice-prefeito acredita que os postulantes ao Executivo preferem enfrentar o prefeito, no próximo pleito, em situação vulnerável. Fabris avalia ainda, como positiva a leitura dos documentos, por expor à população as irregularidades da administração municipal.

Ricardo Fabris denunciou Guerra por improbidade administrativa e atos de ilegalidade e responsabilidade. As denúncias foram relacionadas à tarifa do transporte coletivo, a terceirização da saúde, nepotismo, prejuízo do precatório da família Magnabosco, entre outras acusações. O ex-vice-prefeito havia solicitado a cassação do mandato do chefe do Executivo, o afastamento de suas atribuições e a perda dos direitos políticos, por cinco anos.

 

 


Departamento de Jornalismo


OUÇA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.