Rádio Caxias

Notícias



ESTADO

ELEIÇÕES 2014 26/10/2014 | 19h42

Conheça um pouco mais sobre a biografia de José Ivo Sartori, o novo governador do Rio Grande do Sul


Conheça um pouco mais sobre a biografia de José Ivo Sartori, o novo governador do Rio Grande do Sul
Foto: Luiz Chaves/Divulgação
Nascido em 25 de fevereiro de 1948 em Farroupilha, José Ivo Sartori tem 66 anos. Filho do agricultor e borracheiro Antônio Sílvio Sartori e da dona de casa Elza Josefina Dengo Sartori, é formado em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Além da vida política, foi professor. Casado há 38 anos com Maria Helena Sartori, é pai de dois filhos: Marcos e Carolina. De acordo com Maria Helena, o marido não gosta de ficar só, e se sente bem ao estar com as pessoas.

Sartori começou a carreira política no movimento estudantil, durante o regime ditatorial no país (1964-1985). Depois de presidir o DCE da UCS entre 1972 e 75, ele se filiou ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e foi eleito vereador em Caxias do Sul em 76.

Em 1982 chegou pela primeira vez ao cargo de deputado estadual e, posteriormente, foi reeleito por mais quatro mandatos consecutivos. Em meio aos mandatos na Assembleia Legislativa, muitos contatos políticos foram se estabelecendo, e nesta etapa também surgiram amizades como a de Carlos Búrigo.

O atual assessor do governador eleito já integrou a administração em Caxias do Sul, a convite de Sartori. Búrigo cita a simplicidade como uma das qualidades do amigo.

Sartori foi secretário estadual do Trabalho e Bem-Estar Social, entre 1987 e 1988, durante o governo de Pedro Simon. Conforme Búrigo, foi na capital gaúcha que Sartori passou a ser chamado de "Gringo".

O governador escolhido pelos gaúchos neste domingo foi eleito deputado federal em 2002. Ele se mudou para Brasília e exerceu o mandato federal somente por dois anos, já que em 2004, após duas tentativas frustradas, venceu a eleição para a prefeitura de Caxias do Sul. Em 2008, foi reeleito como prefeito da cidade.

Outro amigo de décadas é Arcângelo Zorzi Neto, o Maneco. O empresário diz que conheceu o "Gringo" na década de 1970. Maneco lembra bem das partidas de futebol que disputou ao lado de Sartori, e recorda que ele era quem dava as broncas e motivava a equipe.

Sartori já exerceu também os cargos de vice-presidente do PMDB estadual e de presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em 1998, quando assumiu interinamente o governo do Estado em duas ocasiões. Amigo e companheiro de partido desde a década de 1980, o ex-vereador Ari Dallegrave, lembra uma ocasião em que Sartori mostrou o quanto se sai bem na direção.

Eleito governador neste domingo, José Ivo Sartori será, a partir do dia 1º de janeiro de 2015, o 38º governador a estar a frente do Palácio Piratini desde a proclamação da república brasileira, que ocorreu em 1889. Dos 38 governadores, 20 foram eleitos por votação direta.

Departamento de Jornalismo








Em breve
Nenhum jogo no momento.