Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Trânsito 14/09/2018 | 18h49

Campanha quer chamar atenção sobre riscos do uso do celular no trânsito


Campanha quer chamar atenção sobre riscos do uso do celular no trânsito
Foto: Mateus Argenta/ Divulgação

Desenvolvida pela Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM) de Caxias do Sul, a campanha Celular e Trânsito: Uma Ligação Perigosa visa orientar sobre as consequências graves que um descuido causado pelo uso do dispositivo pode trazer para motoristas e pedestres. 

O lançamento ocorre no dia 18 de setembro, às 11h, na Sinimbu, em frente à Praça Dante Alighieri. Na ocasião, será realizada uma blitz educativa. Placas de trânsito referentes à campanha também serão instaladas em pórticos da ruas Sinimbu e Pinheiro Machado. 

Dados da Fiscalização Municipal de Trânsito apontam que de janeiro a agosto deste ano 1,9 mil condutores receberam autuação por dirigir utilizando, manuseando ou segurando o celular. Conforme o gerente de Educação para o Trânsito da SMTTM, Joelson Queiroz, este tipo de atitude infringe o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que proíbe ainda a utilização de fones de ouvido ao volante. Sobre o recurso de viva-voz, ele explica que não há especificação na lei, mas a prática também é considerada de risco. 

Queiroz destaca ainda que a campanha abrange todos que integram o trânsito no dia a dia, por isso, o foco também é orientar os pedestres. Segundo ele, ao escutar música ou atender ligações no celular, as pessoas se colocam em situação de perigo, pois diminuem o nível de atenção. Com o viés de ser uma campanha permanente, salienta que o objetivo é focar na conscientização, reduzindo assim os índices de acidentes. 

Além de assumir o risco, o condutor que for flagrado utilizando celular pode sofrer dois tipos de penalização. No primeiro caso, se ao conduzir o veículo estiver fazendo uso do dispositivo como telefone, inclusive, utilizando fones de ouvido, a infração é considerada média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 130,16. Já se for pego com o aparelho em mãos, a infração é interpretada como gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na CNH.

Não há previsão de multa neste caso para pedestres. Por isso, o entendimento do Município em subsidiar informações ao público que está mais vulnerável às consequências de um acidente. 


Departamento de Jornalismo








Em breve
Nenhum jogo no momento.